quinta-feira, junho 15, 2006

Amigo é pra essas coisas...

Parece piada em se tratando do país no qual mais pessoas morreram na história recente vítimas de terror. Mas é verdade: morre-se mais em Israel em acidentes de trânsito do que em atentados terroristas.

Todo dia há notícias de acidentes, com imagens e números chocantes... Da mesma forma que falam da previsão do tempo, falam em quantos se arrebentaram nas estradas.

E não acontece só no noticiário. No feriado de independência eu estava com o carro do meu pai e fui para uma rave em Tel Aviv (sim, eu numa rave). Na volta, dirigindo pela estrada em direção a Netania, onde ele mora, estava meio aflito porque estava bem cansado, pescando no volante, e de repente vi dois carros arrebentados no caminho.

É... Os israelenses têm uma capacidade incrível de detonar os carros e provocar acidentes hollywoodianos, mesmo dirigindo carros modernos em estradas-tapete, perfeitas, que são recapeadas e repintadas a cada poucos meses. Fora que não são muito mestres em cuidar dos carros, que vivem sujos, riscados. Vai entender...

Bom, o resultado de estatísticas tão tristes não poderia ser outro: campanhas e mais campanhas pela conscientização ao dirigir. Uma delas, que está no ar na rádio Galgalatz, provavelmente uma das mais ouvidas daqui, fala do famoso "amigo da vez", o escolhido da noite para dirigir e não beber, e trazer os amigos de volta para casa seguros.

O conceito, também usado no Brasil, é o mote da campanha Im shotim lo nohagim, bishvil ze iesh chaverim. A frase tem sentido duplo em hebraico. A palavra shotim, dependendo de como é grafada, significa "bebem" ou "idiotas". Im idem - pode ser "se", pode ser "com". Ou seja: "com idiotas não se anda", "se beber não se viaja" (também nohagim tem sentido que cabe nas duas versões).

3 comentários:

Anônimo disse...

Rave? u? shocking!!
E boooom ...faz tempooss que nao vou a um...

e meu amigo me havia dito isso...
agora me deu medo de um dia dirigir ai...

~_~

MaWá disse...

Hehe, muito boa a frase da campanha. Adoro palavras de duplo sentido, bem coisa-de-redator, sabe?

Quando vc vem para cá?? Não esquece de me lembrar, hein?

Nathy disse...

Boa, Gabito! :)
Olha, eu te adoro, ta? Nao esquece disso.
Mts beijos